“História de Mulheres: artistas antes de 1900 e depois de 2000” no MASP

Contrapondo épocas e vivências de mulheres artistas, mostra “História das Mulheres” celebra produções até o ano de 1900, bem como realizações pós anos 2000

Com o propósito de dar visibilidade para artistas mulheres, chega ao Museu de Arte de São Paulo (MASP) no dia 23 de agosto a exposição “Histórias de mulheres: artistas antes de 1900”. A mostra tem entrada gratuita e segue em exibição até 17 de novembro.

Sob curadoria de Julia Bryan-Wilson Liilia Schwarcz e Mariana Leme, “Histórias de mulheres: artistas antes de 1900” é um convite para que o público conheça o trabalho de moças cujo trabalho artístico não obteve tanta visibilidade na época.

Em paralelo a essa exposição, “Histórias de mulheres: artistas depois 2000” também chega ao MASP no mesmo período. Ainda com o objetivo de trazer visibilidade para artistas mulheres, desta vez para obras pós 2000, a mostra apresenta produções que debatem discussões mais recentes quanto ao feminismo, sexualidade feminina, etc.

Para Isabella Rjeille, responsável pela curadoria, a exposição é reflexo das novas demandas que emergiram neste século, ampliando ainda mais os debates quanto ao que se entende sobre a causa feminista. “[o feminismo é] uma prática capaz de provocar fricções e diálogos trans-históricos e transnacionais”, destacou em entrevista ao site Catraca Livre.

 

 

Serviço

“Histórias das mulheres: artistas antes de 1900” e “Histórias feministas: artistas depois de 2000”.
Local: MASP (Avenida Paulista, 1578, São Paulo, SP).
Período:  de 23 de agosto a 17 de novembro de 2019.
Horário: de quarta a domingo, das 10h às 18h (bilheteria aberta até as 17h30); terça-feira, das 10h às 20h (bilheteria até 19h30).
Entrada: R$ 40 (entrada inteira e R$ 20 (meia-entrada).

- Publicidade -

Você pode gostar também