Artistas pedem para que seus trabalhos sejam removidos da Aichi Triennale após censura

A carta com o pedido é um protesto contra a remoção de obras que tratavam sobre a censura de arte no Japão.

Em uma carta aberta publicada no Facebook, um grupo de artistas pediu para que a Aichi Triennale, que acontece na cidade de Nagoia, Japão, retire suas obras da programação da mostra. A carta com o pedido é um protesto contra a remoção de obras que tratavam sobre a censura de arte no Japão.

Uma das obras censuradas, produzida pelos artistas sul-coreanos Kim Seo-kyung e Kim Eun-sung que retrata a exploração sexual de mulheres asiáticas durante a Segunda Guerra Mundial.
Kim Seo-kyung e Kim Eun-sung, “Statue of a Girl of Peace”, 2011. Foto: Kyodo News.

No dia 1º de Agosto, quando a Aichi Triennale foi aberta ao público, fazia parte de sua programação uma mini-mostra chamada “Depois da ‘Liberdade de Expressão?'” que, além de tratar sobre como o Japão censurou obras de arte, também contava com obras que tocavam em assuntos delicados como a exploração e abuso de mulheres de todo o continente asiático que eram levadas ao Japão para servirem como escravas sexuais durante a Segunda Guerra Mundial (história que só foi oficialmente reconhecida pelo Japão em 2015). Três dias após a abertura da mostra, o diretor artístico da Aichi Triennale, Daisuke Tsuda, juntamente com o governador da província de Aichi, emitiu uma ordem para que a seção fosse fechada.

A carta em solidariedade aos que tiveram suas obras censuradas foi assinada por cerca de nove artistas que exigem que a Aichi Triennale também retire suas obras da programação pelo tempo que “Depois da ‘Liberdade de Expressão?'” permanecer fechada, entre os artistas estão Tania Bruguera, Pia Camil, Claudia Martínez Garay, Regina José Galindo e Javier Téllez, bem como um dos curadores da trienal deste ano, Pedro Reyes. Além desse grupo, outros 72 artistas assinaram outra carta aberta posicionando-se contra o fechamento da mostra.

A carta completa, em inglês, pode ser acessada através desse link: ArtForum

 

- Publicidade -

Você pode gostar também